segunda-feira, 13 de maio de 2013

As fases da revolução francesa


1ª Fase da Revolução; Assembleia Nacional Constituinte
Principais Medidas da Assembleia Nacional Constituinte (eleita por sufrágio censitário)
  • ·         Abolição dos direitos feudais;
  • ·         Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão;
  • ·         Aprovação da Constituição;
  • ·         Separação dos poderes;
  • ·         Soberania da Nação ( sufrágio censitário);
  • ·         Substituição da Monarquia Absoluta pela Monarquia Constitucional.





2ª Fase da Revolução; Convenção Nacional
 A Convenção Nacional (1792-1795) foi a fase mais radical da Revolução Francesa e dominada pelos jacobinos que dissolveram a Assembleia Constituinte, estes fizeram eleger por sufrágio universal a Convenção Nacional;
  • ·         Aprovação de uma nova constituição em 1793;
  • ·         Execução do rei Luís XVI (21/01/1793);
  • ·         O Tribunal revolucionário julgava os opositores da Revolução;
  •       Regime de terror (Robespierre): milhares de franceses suspeitos de atividades contra a revolução foram decapitados pela guilhotina;
  •       O Golpe do Termidor  (1795) – pôs fim à era jacobina e iniciou o diretório.



3ª Fase da Revolução: Diretório (1795-1799)
  • ·         Caracterizado pela supremacia girondina (burgueses);
  • ·         Era exercido por um diretório composto por 5 membros;
  • ·         Enfrentou levantamentos populares e  a crise econômica e social;
  •       Externamente a França obtinha vitórias contra as forças absolutistas da Espanha, Holanda, Prússia e reinos da Itália (a segunda coligação) com destaque para as vitórias militares de Napoleão Bonaparte;

Napoleão Bonaparte (apoiado pelos girondinos) promoveu o Golpe 18 Brumário, que pôs fim ao Diretório e instaurou o Consulado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário